segunda-feira, 28 de maio de 2007

Pentecostes...

Amigos
Quero partilhar com todos vocês a alegria que foi para mim o aniversário do nosso grupo... A eucaristia foi esplêndida e cheia de vida e o momento do jantar que se seguiu foi excelente. Também este momentos são certamente obra do espírito santo e também estes momentos são de igreja. Quero agradecer-vos muito por terem estado presentes e por continuarem presentes, um agradecimento especial para o padre Luís por ter partilhado esta noite com todos nós. Todos temos conhecimento que têm havido momentos de desilusão e frustãção nos últimos tempos, penso porém que momentos como estes nos fazem querer seguir em frente e manter esta caminhada unidos e unidos a Cristo. Estes são os momentos que devemos lembrar quando acharmos que estamos fracos e desanimados, porque se o passado tem belos momentos, este presente mostra que o futuro é ainda mais saboroso, apenas de maneira diferente!
Quero continuar a caminhar convosco...
E espero que vocês continuem a acreditar neste grupo, neste projecto, neste sonho que é realidade. É mais do que um sonho cor de rosa, é uma realidade cheia de cor e cores... É verdade que tem os seus dias cinzentos de chuva, mas apenas esses permitem que as espigas despontem cheias de cor em dias plenos de sol. É assim toda a seara forte e vigorosa.
Um grande abraço em Cristo inundado do fogo do Espírito de Amor.
O vosso animador cada vez mais chato :)

3 comentários:

joaop3 disse...

Pois é... mesmo nos dias cinzentos e de chuva temos de viver, pois o cinzento é só mais uma cor no meio de tantas outras... faço das tuas palavras as minhas ao expressares a alegria desse dia e a que em tantos outros havemos de ter...

Willy Wonka disse...

Depois do dia de chuva, quando o sol aparece para fazer crescer as espigas, há sempre um arco íris de cores, capaz de fazer sorrir os mais desanimados e de deixar todos espantados com a sua beleza... Num grupo também é assim... Passamos por momentos difíceis, mas no final, há sempre um sorriso, uma mão amiga, um obrigado que nos faz despontar para uma nova realidade e nos dá um novo alento.

Quanto a sábado, um muito obrigado ao Pe. Luís por ter arranjado um buraquinho na sua tão atarefada agenda para estar connosco (ainda por cima ele tinha celebração dos Neo-Catecumenais em Sto. André, à Tita, pois ela é das principais responsáveis por estarmos no nosso 13º aniversário e a todos aqueles que não sendo Seara de Cristo, não quiseram de deixar de partilhar este dia tão especial para nós, na nossa companhia (Vera, Sandro, Luís, Marcos e a Luana [embora não tivesse muita escolha, :P], muito obrigado)...

Os meus momentos de frustração e desilusão estão cada dia mais distantes, e espero que daqui a uns tempos sejam apensa uma boa recordação... Sim boa, recordação de que somos capazes de ultrapassar as dificuldades, que não somos uns meninos que vivem sempre num mar de rosas, mas que lutam quando as dificuldades aparecem pela frente.

Quero também manifestar a minha preocupação em relação a um elemento do nosso grupo... Não sei que se passa com ele, mas deve andar a passar por uma fase difícil da sua vida, ou então está a ficar doente... Algo se passa... falo do nosso "postador" mor, João Pinheiro. Já lá vão 3 comentários e 1 post sem que ele diga uma porcaria que seja, a última foi relacionada com o nosso animal de estimação... Esta situação deixa-me preocupado, se alguém souber o que se passa, avise-me... hehehehehehehehehehehehehehehehehe :P

joaop3 disse...

Quando cheguei ao 4º parágrafo deste comentário comecei a ficar preocupado e curiouso porque parecia- me que vinha ali uma novidade de cero modo preocupante... depois de ler óbvio que tinha de vir dizer uma porcaria qualquer para não se preocuparem comigo!!! ainda não sei bem a porcaria que vou dizer, mas o facto de eu ter passado esse empo todo sem dizer uma porcaria deve ser obra e graça do Epirito Santo que desceu sobre nós neste fim de semana...